sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

I OPMAT - IV Encontro: Praticando Operações Matemáticas por meio de dados e tabuleiros.

Na tarde do dia 17 de Novembro de 2016, aconteceu no Laboratório de Ensino de Matemática (LEMA) o quarto encontro da primeira Oficina Pedagógica de Matemática (I OPMAT), o evento foi organizado pelos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) que atuam na Escola de Ensino Médio Monsenhor Linhares, localizada na cidade de Groaíras - CE.
Foto: Márcio Nascimento
Na ocasião, estavam alunos do Curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), bem como, outros bolsistas do PIBID. O momento foi marcado pela apresentação da oficina "Praticando Operações Matemáticas por meio de dados e jogos de tabuleiros", com o objetivo de proporcionar uma melhor compreensão das operações básicas de forma lúdica.

No primeiro momento foi apresentado o jogo Contig 60, um jogo de tabuleiro desenvolvido pelo norte-americano John C. Del Regato, que estimula o raciocínio por meio das operações de adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação de forma lúdica. Em seguida foram apresentadas as regras do mesmo. Na sequência os participantes fizeram a confecção dos tabuleiros e só então puderam jogar.
Foto: Hélio Farias
No segundo momento foi apresentado o jogo trilha RD, a qual foi adaptado pelos bolsistas facilitadores da oficina ao tabuleiro do contig 60, porém tem como objetivo trabalhar apenas uma das operações básicas, a divisão, e essa é a maior causadora das dificuldades dos estudantes. Na sequência foram apresentadas as regras do jogo e os mesmos também puderam jogar. Houve uma pausa para o lanche e finalizando com a entrega de lembrancinhas aos ganhadores dos jogos.
Foto: Hélio Farias
A junção desses jogos pode facilitar o trabalho dos docentes, pois com apenas um tabuleiro é possível trabalhar dois jogos, com assuntos semelhantes ou até mesmo distintos, porém é preciso usar a criatividade.

O momento foi rico, pois permitiu a interação entre os participantes e também conhecer recursos didáticos que podem contribuir na aprendizagem de matemática de uma forma atrativa, já que, os participantes são licenciandos em matemática e, portanto, futuros professores. Tudo isso gerou trocas de experiências, um fator positivo para o crescimento pessoal e profissional.








domingo, 30 de outubro de 2016

Reunião Mensal do Subprojeto

Na tarde do dia 27 de outubro de 2016, aconteceu no Laboratório de Ensino de Matemática (LEMA) a reunião mensal do subprojeto de Matemática. Na ocasião estiveram grande parte dos bolsistas, juntamente com seus supervisores.

Durante o encontro foram discutidas ideias para o próximo ano e opiniões dos bolsistas e supervisores sobre a participação dos mesmos no Outubro UVA. Também foi falado sobre o retorno as aulas na UVA após 5 meses em greve. E sobre as atividades as quais deveriam ocorrer no meses seguintes, como a Oficina Pedagógica de Matemática (OPMAT), Ciclo de Reflexões, VI Semana de Matemática e submissão de artigos em revistas.

Foto: Hélio Farias

Essa reunião foi a minha primeira participação como pibidiano e foi de grande importância para minha formação. 





terça-feira, 25 de outubro de 2016

Participação na Feira das Profissões no Outubro UVA 2016

No período de 17 a 21 de outubro de 2016, a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)  realizou o Outubro UVA 2016, que reuniu diversas atividades na área do Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura e marcou as comemorações dos 48 anos de fundação da Universidade.
Entre os dias 18 e 21 de outubro o Curso de Licenciatura em Matemática realizou exposição de jogos, materiais didáticos e vídeos em sua sala temática na Feira das Profissões do Outubro UVA 2016.

Foto:Márcio Nascimento

Foto:Márcio Nascimento
Foto:Márcio Nascimento

No dia 19 de outubro, a exposição ficou por conta dos bolsistas do subprojeto de Matemática do PIBID/UVA, atuantes na Escola de Ensino Médio Monsenhor Linhares, juntamente com os bolsistas da Escola de Ensino Médio Dr. João Ribeiro Ramos.
Foto:Márcio Nascimento

Foto:Márcio Nascimento

Foto:Márcio Nascimento

Na ocasião, os bolsistas da Escola de Ensino Médio Monsenhor Linhares apresentaram para estudantes, professores e alunos da rede pública de ensino básico de Sobral e região, os jogos: Preencha o quadrado, Mancala, Shisima, Yoté, Borboleta de Moçambique, pinanças e Corrida Pitagórica.
Foto:Márcio Nascimento

Foto:Márcio Nascimento

Foto:Márcio Nascimento

A participação na Feira das Profissões do Outubro UVA 2016 proporcionou aos bolsistas a oportunidade de expor, não só para a comunidade acadêmica como para a comunidade em geral, as produções realizadas pelos mesmos, valorizando a prática docente adquirida no decorrer da realização dos projetos.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Observações em Sala de Aula

Na manhã do dia 17 de Outubro de 2016, a bolsista Janaína Muniz, do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) do Subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e que atua na Escola de Ensino Médio Monsenhor Linhares, realizou observações em sala de aula, na turma do 2° ano “B”, ministrada pela professora Aureni Viana. Assunto da aula: Área das superfícies de uma Pirâmide.

Foto: Janaína Muniz

Foto: Janaína Muniz

Foto: Janaína Muniz



Feira de Ciências, Cultura e Profissões da Escola Monsenhor Linhares.


No dia 7 de outubro de 2016, as bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), atuantes na Escola de Ensino Médio Monsenhor Linhares fizeram uma participação na Feira de Ciências, Cultura e Profissões na escola em que atuam. Esta iniciou-se pela tarde se estendendo pela noite.

Foto: Ricardo Melo

Foto: Tatiane Rodrigues

Durante o evento as bolsistas puderam compartilhar com os estudantes algumas das atividades lúdicas já elaboradas durante o período em que atuam na escola. Os jogos levados foram: Preencha o quadrado, Mancala, Shisima, Yoté, Borboleta de Moçambique. E junto a elas estavam alguns alunos apresentando jogos matemáticos e interagindo com o público.


Foto: Rodrigo Azevedo

Foto: Rosário Lopes

Foto: Rosário Lopes

Foto: Rosário Lopes

O momento se deu pela apresentação dos projetos das bolsistas e dos alunos da escola, onde estes eram avaliados por outros alunos ouvintes e por alguns convidados da instituição.

Foto: Tatiane Rodrigues



Foto: Tatiane Rodrigues

O momento foi muito gratificante, houve apresentações culturais por meio de dança, dramatizações e músicas. Também foram realizados alguns experimentos da química, física e até algumas ações da área da Biologia como medição de pressão, testes de glicemia e até dramatizações de primeiros socorros. Foi um momento rico em que contou com a participação dos estudantes, pais e alguns convidados especiais que puderam prestigiar o evento, como toda a comunidade em geral. 

Foto: Tatiane Rodrigues

Foto: Tatiane Rodrigues

Foto: Tatiane Rodrigues

Foto: Tatiane Rodrigues


Foto: Janaína Ximenes

Foto: Janaína Ximenes

Foto: Janaína Ximenes

Nesse ano alguns estudantes ficaram em seus stands apresentando algumas das profissões trabalhas no decorrer do ano, estavam inclusive, com seus figurinos referentes a cada profissão e fizeram exposições das principais características das mesmas, isso foi significante para que o público pudesse conhecer melhor um pouco sobre algumas das quais gostariam de seguir.

Foto: Edna Mendes

Foto: Edna Mendes

Foto: Edna Mendes

Foto: Edna Mendes

Foto: Janaína Ximenes

Todo o momento foi mediado pelos professores da escola, com o apoio da gestão escolar e funcionários em geral, esses cumpriram muito bem com o seu papel. Dessa forma tudo ocorreu de maneira organizada e acolhedora. Os estudantes, por sua vez, apresentaram belíssimos trabalhos e ao final receberam medalhas por terem desenvolvidos os melhores projetos.  Com isso, as bolsistas participaram de mais uma experiência significativa no âmbito escolar.

Foto: Tatiane Rodrigues

Foto: Tatiane Rodrigues

A equipe da Escola Monsenhor Linhares está de parabéns por mais um trabalho cumprido com sucesso.






sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Projeto: "Contribuições para o ensino e aprendizagem de matemática usando audiovisuais: o caso da série “Isto é Matemática”.

Durante o mês de Setembro de 2016, foi desenvolvido na Escola de Ensino Médio Monsenhor Linhares, no município de Groaíras, o projeto com o tema "Contribuições para o ensino e aprendizagem de matemática usando audiovisuais: o caso da série “Isto é matemática”. O projeto foi idealizado pela bolsista Rosário Lopes do subprojeto de Matemática PIBID –Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência – da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – que teve como finalidade desenvolver atividades que utilizassem os audiovisuais, em foco a série Isto é Matemática. As atividades ocorreram em maior parte no Laboratório de Informática da escola, contemplando 16 alunos do 1º e 3º ano, onde foram divididos em dois grupos , A com seis alunos e o B, com participação de 10 alunos.


A oficina foi vivenciada em quatro etapas: introdução e formação de equipes, escolha das fórmulas e elaboração do roteiro, produção de vídeos, apresentação acompanhada de diagnóstico. Os três primeiro encontros foi realizado com os alunos do Grupo A, onde o primeiro foi introduzido a oficina,em seguida assistiram o vídeo "A fórmula mais bela" e dividiram-se em equipes.Segundo encontro, foi apresentado algumas fórmulas para escolha dos alunos, logo após fizeram pesquisas sobre essas fórmulas para criação de um roteiro. O Terceiro encontro ocorreu para realização das filmagens e o último encontro que ocorreu com o Grupo B, foi para apresentá-los os vídeos produzidos pelos colegas e aplicação do diagnóstico sobre esses mesmos materiais.

Foto: Edna Brito


Foto: Rosário Lopes
Os resultados do projeto foram bastante satisfatórios, tanto para os estudantes da escola parceira que foram compromissados e se mostraram entusiasmados com as oficinas tanto para os bolsistas que puderam contar com mais essa experiência no âmbito de preparação para docência e para o uso dos materiais tecnológicos. Foi um momento de aprendizado em ambas as partes.

Através dos diagnósticos feito por eles, todas as questões foram concluídas, todas com o mesmo sentido, mas escritos com interpretações diferentes. Isso mostra que obtiveram atenção nos vídeos, e nas questões referidas nele, comprovando que o uso de recursos tecnológicos, no caso os audiovisuais, podem ser utilizados em sala de aula para contribuição no ensino e aprendizagem.

Foto: Profª Auxiliadora
Foto: Profª Auxiliadora


Aplicação do projeto "Possibilidades no uso de Fatos da História da Matemática para o Ensino de Trigonometria”

Durante o mês de setembro de 2016, a bolsista Mailane Silva do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID, do subprojeto de Matemática, da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA, atuante na Escola de Ensino Médio Monsenhor Linhares, localizada no município de Groaíras – CE, desenvolveu as atividades do projeto “Possibilidades no uso de Fatos da História da Matemática para o Ensino de Trigonometria”, a fim de analisar as possibilidades de inserções da História da Matemática no ensino e aprendizagem de Trigonometria. 


Dessa forma, foram desenvolvidas oficinas com cinco alunos do 3° A do turno matutino, com carga horária de 4h, onde se buscou despertar nos alunos o interesse e uma melhor aceitação da matemática, em especial pela Trigonometria, utilizando a História da Matemática para auxiliar na construção dos conhecimentos trigonométricos, possibilitando assim, apresentar como e o porquê do surgimento dos temas abordados nas aulas, ajudando na construção dos conhecimentos estudados e a compreender sua aplicação no cotidiano. 


Foto: Mailane Silva
Foto: Mailane Silva

Inicialmente foi feito uma revisão dos conceitos básicos da trigonometria aliados ao contexto histórico a partir de apostila desenvolvida pela bolsista, contendo um pouco da história e conceitos da Trigonometria, suas aplicações e propriedades, alguns exercícios resolvidos e alguns propostos para que o educando possa fixar melhor o assunto exposto. Os alunos tiveram participação ativa na resolução dos exercícios propostos, assim como na construção de um teodolito artesanal, desenvolvido pelos mesmos, que posteriormente foi utilizado no cálculo de distâncias inacessíveis, evidenciando na prática uma das aplicações da trigonometria no cotidiano. 
Foto: Mailane Silva

Foto: Mailane Silva

Esse recurso tornou o processo de ensino e aprendizagem mais interativo, construtivo e participativo, os alunos foram instigados a pesquisar, a explorar e interpretar conceitos trigonométricos, contribuindo para desfazer a ideia de que a Matemática é difícil ou que a Matemática é para poucos, uma vez que mostra a Matemática como criação humana, menos abstrata e evidencia sua utilização no dia a dia. Trabalhar a História constitui um fator que contribuiu para a motivação do aluno, despertando o interesse pelo conteúdo que está sendo ensinado.



Projeto: A Matemática dos Códigos de Barras.

Durante o mês de Setembro de 2016 aconteceu na escola Monsenhor Linhares o projeto: A Matemática dos Códigos de Barras, tendo como autora e aplicadora do projeto Edna Brito bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), do subprojeto de Matemática, da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

O projeto contemplou nove alunos distintos das turmas de 1º C, 2º C e 3º B anos do turno da tarde. Foram realizadas quatro oficinas sendo aplicadas no turno da tarde onde cada momento obteve uma abordagem diferenciada retratando a presença da matemática nos códigos de barras.

 Por meio desse projeto, foi proposto situações de aprendizagem com abordagem contextualizada, através de levantamentos históricos sobre a origem dos códigos de barras, estudos de tipos e padrões, aplicabilidade e evolução. Para fins didáticos mais relacionados à matemática propriamente dita, o trabalho também contempla exercícios, baseados em situações problema, que consiste na criação e usabilidade de um código de barras fictício, através do uso de tecnologias como celulares e softwares livres.

Foto: Rosário Lopes

Foto: Rosário Lopes

Foto: Edna Brito

Foto: Edna Brito

Foto: Edna Brito

 O objetivo deste trabalho foi demonstrar conceitos matemáticos por meio do estudo do código de barras, apresentando situações diárias e destacando também sua grande importância no comércio. Buscou-se ainda com essa atividade evidenciar a importância da Matemática como mecanismo para compreender melhor o nosso dia a dia.

Através desse projeto levamos aos alunos a desenvolver o espírito crítico, a criatividade, a interpretação, e a elaboração de estratégias para a resolução de problemas com base nos códigos de barras, visto que, é um assunto que recai em muitas discussões, tanto em fatores do cotidiano quanto históricos. Assim, poderemos contribuir com os alunos e educadores para a construção de um novo olhar frente ao processo de ensino e aprendizagem de matemática.



Reunião entre supervisora e bolsistas.

Na manhã do dia 20 de Julho, os bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), subprojeto de Matemática, da...